CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
LÉO PAJEÚ
Poesias e Contos, Sentimentos e Versos, Sonhos e Visões de um Premonitor.
Textos


O MATUTO E O TRAVECO
 
Um redemoinho danado levou
A foto de uma linda mulher nua
Que por todos os cantou rodou
Até chegar ao Matuto da terra crua.
 
O Matuto olhou com gosto a foto
E sua mente lhe fez sonhar alto
Queria como sua mulher aquela
Que para si seria uma cinderela.
 
Maravilhado com toda exposição
Todo corpo delineado em exibição
Não pensou e logo tomou a decisão
Queria aliviar toda sua excitação.
 
O matuto juntou todo seu cobre
De todos os anos que trabalhou
Alinhou-se como um nobre
E para a cidade se mandou.
 
Chegando à cidade grande
Querendo achar a cinderela
Vagou pra lá, não sei a onde.
Levando na mão a foto dela.
 
Vagando até a boca-da-noite
Sem sucesso a sua procura
O Matuto se acha sem sorte
Até vê a mulher na noite escura.
 
O Matuto olha pra foto e confia
Olha pra mulher e acha parecida
Teria acabado toda a sua agonia
Ou é apenas uma desconhecida.
 
O Matuto chega com a foto na mão
A dama da noite percebe sua intenção
E com seu jeito tacanho e astuto
Quer logo passar a perna no Matuto.
 
O Matuto coloca a foto em sua direção
E compara o rosto, o corpo até a mão.
Não tem dúvida apesar da escuridão
Com certeza encontrou sua paixão.
 
A dama da noite fica atenta e esperta
Não ia deixar escapar aquela oferta
O Matuto foi logo oferecendo cobre
Com seu terno alinhado de nobre.
 
Exaltado e cheio de excitação
Foi logo expondo sua intenção
Veio de o sertão buscar cinderela
Fazer boa oferta e casar com ela.
 
A dama da noite ficou toda assanhada
Quando viu a foto e a comparação
Pensou agora estou encaminhada
Vou fisgar o Matuto e seu coração.
 
Mas o Matuto não é bobo como pensava
Logo foi falando tudo que procurava
A mulher tinha que ser igual a da foto
Por que se não fosse não tinha gosto.
 
A meretriz arrumou logo a solução
Esta noite acabo com toda sua excitação
O Matuto não vai perceber a confusão
Nem vai saber nem ondo pós a mão.
 
Com esta ideia foi convidando
Matuto venha conhecer meu lar.
Todo animado logo foi andando
Fazendo planos e prestes a casar.
 
Enganando-o foi logo levando o coitado
Entrou no motel falando que ali morava
O Matuto feliz sentindo-se apaixonado
Não prestava atenção, não via onde estava.
 
Entrando no quarto o Matuto encafifou
Essa sua casa é estranha por demais
A merma porta que entra é que sai
Nunca vi casa tão pequena aonde vou.
 
A Meretriz tentando esconder
Foi tentando convencer o Matuto
Meu querido você pode entender
É aqui que moro e aqui que labuto.
 
Aqui na cidade tem muita gente
Você tem que morar apertado
Se você não for acostumado
Não fique ansioso, não esquente.
 
Deixa essa casa pra lá
Agora vamo prosear
Tenho assunto pra tratar
Quero uma moça pra casar.
 
A quenga logo se assanhou
Pensou agora me dou bem,
Para quem não tinha um vintém
Até os olhos arregalou.
 
Mas o matuto não era besta
E logo fez uma proposta
Se quiser casar e festa
Vamo logo fazer uma aposta.
 
Ocê prova que é essa da foto
Que te levo pro meu roçado
Vou te lavar pro querer e gosto
Sem ficar nem contrariado.
 
A quenga logo esfriou a coluna
Como passar a perna no matuto
E se aprumar com a fortuna
Ele parecia muito astuto.
 
O matuto excitado logo falou
Mostre os peito pra comparar
Se for o mesmo que fotografou
Nem pense em me enganar.
 
A quenga logo lhe mostrou
O matuto ligeiro comparô
E desconfiado logo reclamou
Isso parece peito de dotô.
 
Aqueles que as muié compram
E coloca no lugar,
Tá querendo me enganar
Pensado o quê, esse num conta.
 
O matuto já desconfiado
Disse não me confunda
E pra deixar de leriado
Mostra agora tua bunda.
 
A quenga logo sorriu
Agora pego o besta
Melhor que isso nunca viu
Vai lamber até a testa.
 
A comparação foi cruel
Da fotografia nem risco tinha
Mesmo amarrotado o papel
Mas dela era só linha.
 
Vôte que coisa mais feia
Na fotografia é lisinha
E essa tua é cheia de linha
Tá pensando o quê quer peia.
 
A quenga preocupada
Logo tentou lhe ofertar
As coxas toda malhada
Agora vou te pegar.
 
Agora muito desconfiado
O matuto ficou alertado
Alguma coisa tava errado
Aquilo parecia um viado.
 
As coxas ficou a mostra
Pra o matuto aprovar
Logo teve a resposta
Assim não vai dar.
 
Sair do meu sertão
Querendo me casar
Encontro um travecão
Querendo me enganar.
 
Tudo seu é falso
Nem seu o que é teu
Se tirar o que não é seu
Vai sobrar somente osso.
 
Que isso meu querido matuto
Não se assuste com o que viu
Se você provar do fruto
Vai querer molhar o pavio.
 
Vôte sai pra lá peste ruim
Que não quero mulher assim
Metade gente, metade silicone,
Sei lá se é muié, sei lá se é home.
 
Vou voitá pro meu sertão
Qui lá sei qui é muito bão
As muié lá é de verdade
Não é como essa da cidade
Que no escuro é cinderela
Mais no claro se revela.
Léo Pajeú
Enviado por Léo Pajeú em 22/08/2013
Alterado em 22/08/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

RASTROS DA ÁFRICA Léo Pajeú R$9,90
FUGA IMPROVÁVEL Léo Pajeú R$31,79
PASSOS PARA SE TORNAR UM ATLETA CAMPEÃO! Léo Pajeú R$29,89
2 CONTOS 1 Léo Pajeú R$31,38
CONTOS SOBRENATURAIS Léo Pajeú R$34,76
CINQUENTA SONETONS DE CINZA Léo Pajeú R$31,01
QUER EMAGRECER, É SÓ COMEÇAR? Léo Pajeú R$32,45
A CRIATURA 3D Léo Pajeú R$28,86
RASTROS DA ÁFRICA Léo Pajeú R$31,21
CORPO SECO E A LEGIÃO DE ZUMBIS Léo Pajeú R$36,26
QUATRO ESTAÇÕES Léo Pajeú R$30,47
AS AVENTURAS DE GALINZÉ Léo Pajeú R$29,15
ROSA, ROSINHA, NEM TUA, NEM MINHA Léo Pajeú R$27,58
2 CONTOS 2: A CASA AO LADO & OS HERDEIROS DAS... Léo Pajeú R$23,00
2 CONTOS III: O VISITANTE NOTURNO & O ÍNDIGO Léo Pajeú R$24,00
2 CONTOS: A Criatura 3D & Almas Rejeitadas (2... Léo Pajeú R$22,00
A DOR EM VERSOS Léo Pajeú R$15,27
AS AVENTURAS DE GALINZÉ - O GALINHO VALENTE: ... Léo Pajeú R$10,54
ATLETISMO COMO CONTEÚDO CURRICULAR NOS ANOS I... Léo Pajeú R$16,57
ATLETISMO COMO ESPORTE BASE NO DESENVOLVIMENT... Léo Pajeú R$17,01
BRINCADEIRAS SÓCIO-EDUCATIVAS COMO BASE DESPO... Léo Pajeú R$13,77
CINQUENTA SONETONS DE CINZA: SONETOS Léo Pajeú R$13,78
CONTOS DE LENDAS BRASILEIRAS Léo Pajeú R$18,29
CONTOS DE SUSPENSE - HISTÓRIAS DE APARIÇÕES E... Léo Pajeú R$15,66
CONTOS SOBRENATURAIS CIDADE... QUANDO A NOITE... Léo Pajeú R$15,96
CONTOS SOBRENATURAIS LOBISOMEM, LUA CHEIA, MI... Léo Pajeú R$12,37
CONTOS SOBRENATURAIS: LENDAS URBANAS Léo Pajeú R$15,96
CONTOS SOBRENATURAIS: PESADELOS...NÃO ACORDE,... Léo Pajeú R$12,33
CONTOS: UMA BRAÚNA... CONTOS E CAUSOS DO SERT... Léo Pajeú R$11,42
CONTRATEMPOS - POESIAS Léo Pajeú R$12,56
www.leopajeu.prosaeverso.net